Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Salário médio no futebol profissional baixa 19 mil euros

Número de funcionários disparou 20,7% em 2019/20 face a 2018/19, mas a despesa com vencimentos não subiu proporcionalmente.
João Moniz 25 de Abril de 2021 às 09:29
Dinheiro
Dinheiro FOTO: Getty Images
O salário médio no futebol profissional desceu praticamente 19 mil euros no espaço de uma temporada. Segundo o anuário da Liga Portugal (LPFP), os clubes da I e II Ligas e a LPFP empregaram 3163 pessoas em 2019/20, entre jogadores, treinadores e funcionários afetos às áreas de suporte, gestão e administração do futebol (ver infografia).

O aumento de 20,7% no número de trabalhadores na época passada face a 2018/19 não implicou um crescimento proporcional dos gastos com vencimentos, que só subiram 1%, de 304 milhões de euros para 307 milhões. Daqui resultou que a despesa anual por trabalhador desceu de 115 986,26 € para 97 059,75 €, uma redução de 18 926,51 €.

Ao todo, os futebolistas receberam mais 6 M € (244 M € em vez de 238 M €) e o seu salário médio aumentou ligeiramente de 155 251,14 € para 155 315,08 €. Já os treinadores receberam menos 3 M € (28 M € em vez de 31 M €). Com mais técnicos sob contrato e uma despesa menor, o vencimento médio neste grupo profissional nem chegou aos 96 mil euros, quando antes superava os 112 mil euros.
Mas é nos outros funcionários que se verifica a maior surpresa: a despesa foi exatamente igual (35 M €) quando estavam empregadas mais 488 pessoas.
Liga Portugal LPFP I Ligas II desporto futebol
Ver comentários