Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Samuel Costa suspenso depois de denúncias de assédio sexual

Famalicão clube frisou ainda no comunicado que "censurará e não admitirá qualquer atitude de teor abusivo".
Mário Figueiredo 2 de Outubro de 2022 às 00:00
Samuel Costa também foi afastado da equipa na sequência das denúncias de assédio sexual
Samuel Costa também foi afastado da equipa na sequência das denúncias de assédio sexual FOTO: Miguel Afonso
O Famalicão suspendeu este sábado Samuel Costa, diretor-desportivo do futebol feminino, na sequência do processo que lhe foi instaurado pela Federação Portuguesa de Futebol, por denúncia, no seguimento do caso do alegado assédio sexual do treinador Miguel Afonso, que também foi afastado.

Os famalicenses comunicaram a suspensão de funções "com efeitos imediatos" de Samuel Costa até que a "verdade dos factos relativos ao processo instaurado ao mesmo pela Federação Portuguesa de Futebol seja apurada". O clube já tinha tomado a mesma posição em relação a Miguel Afonso.

O clube frisou ainda no comunicado que "censurará e não admitirá qualquer atitude de teor abusivo ou de desigualdade de género, fazendo tudo o que estiver ao seu alcance para erradicar tais comportamentos".

Futebolistas que alinharam no Rio Ave em 2020/21 denunciaram ações de assédio sexual do então treinador do clube de Vila do Conde, que atualmente estava no comando técnico do Famalicão. Na sexta-feira, várias jogadoras treinadas por Miguel Afonso formalizaram queixas por assédio sexual na Federação e na Polícia Judiciária.
Federação Portuguesa de Futebol Samuel Costa Famalicão Miguel Afonso desporto futebol
Ver comentários