Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Santa Clara rejeita proposta de 5 milhões de euros para vender Morita

Clube garante que só vende Hidemasa Morita pela cláusula de rescisão de 10 milhões de euros.
Lusa 30 de Agosto de 2021 às 12:04
Clube garante que só vende Hidemasa Morita pela cláusula de rescisão de 10 milhões de euros
Clube garante que só vende Hidemasa Morita pela cláusula de rescisão de 10 milhões de euros FOTO: Etsuo Hara/Getty Images
O Santa Clara, da I Liga de futebol, revelou esta segunda-feira que rejeitou uma proposta de cinco milhões de euros por Hidemasa Morita e realçou que o japonês só será vendido por dez milhões, valor da cláusula de rescisão.

Em comunicado, a SAD dos açorianos diz pretender "esclarecer" a situação do jogador devido às "notícias veiculadas" na comunicação social.

Segundo afirmam, "existiu efetivamente uma proposta formal efetuada para a transferência" de Morita no valor de cinco milhões de euros.

"Após cuidada análise, este conselho de administração decidiu rejeitar a proposta apresentada, por entender que esta não defende os interesses desta SAD, nem corresponde ao real valor de mercado do ativo em causa", lê-se na nota de imprensa.

A SAD do Santa Clara destaca que só "aceitará negociar os seus ativos, mediante um ressarcimento justo e condizente com a qualidade destes".

"Mais informamos que a venda do atleta dar-se-á, única e exclusivamente, mediante o pagamento do valor da cláusula de rescisão (dez milhões) presente no contrato com o jogador, valor que consideramos justo perante a inegável mais-valia de Morita", conclui o comunicado.

Em 07 de janeiro, o Santa Clara anunciou a contratação do médio internacional japonês Hidemasa Morita, que assinou um contrato válido por três épocas e meia.

Morita foi titular na vitória da equipa frente ao Gil Vicente, por 2-1, no domingo, naquele que foi o primeiro triunfo do Santa Clara no campeonato. 

Hidemasa Morita Santa Clara I Liga SAD desporto futebol
Ver comentários