Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sérgio Conceição: “Sabemos o que Ronaldo gosta de fazer”

Treinador do FC Porto admite que é essencial travar CR7, mas avisa que a Juventus é mais do que o avançado português.
João Moniz 17 de Fevereiro de 2021 às 01:30
Sérgio Conceição confessou ontem que “não é normal” as suas equipas sofrerem tantos golos e que “os jogadores sabem o que se passa”
Corona apelou ao trabalho coletivo para controlar Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo chegou ontem ao Porto ao fim do dia. Antes da viagem, usou as redes sociais para deixar um recado
Dezenas de adeptos do Barcelona ignoraram o distanciamento social antes do jogo. Durante a madrugada foram lançados petardos junto ao hotel do PSG
Sérgio Conceição confessou ontem que “não é normal” as suas equipas sofrerem tantos golos e que “os jogadores sabem o que se passa”
Corona apelou ao trabalho coletivo para controlar Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo chegou ontem ao Porto ao fim do dia. Antes da viagem, usou as redes sociais para deixar um recado
Dezenas de adeptos do Barcelona ignoraram o distanciamento social antes do jogo. Durante a madrugada foram lançados petardos junto ao hotel do PSG
Sérgio Conceição confessou ontem que “não é normal” as suas equipas sofrerem tantos golos e que “os jogadores sabem o que se passa”
Corona apelou ao trabalho coletivo para controlar Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo chegou ontem ao Porto ao fim do dia. Antes da viagem, usou as redes sociais para deixar um recado
Dezenas de adeptos do Barcelona ignoraram o distanciamento social antes do jogo. Durante a madrugada foram lançados petardos junto ao hotel do PSG
"O Cristiano Ronaldo é um jogador que remata como ninguém. Noutras zonas do campo não será tão importante, mas no último terço é fabuloso, o melhor do Mundo. Sabemos o espaço que gosta, o que gosta de fazer, temos isso trabalhado, faz parte da nossa análise”, afirmou esta terça-feira Sérgio Conceição. Na antevisão à receção de hoje (20h00) à Juventus, na 1ª mão dos oitavos de final da Champions, o avançado português foi o principal tema. “Sabemos que em qualquer momento o Cristiano pode decidir o jogo. Nós temos de ser sólidos, compactos e coesos, à imagem do que temos feito na Champions, mais do que no campeonato, onde não tem corrido tão bem”, acrescentou o treinador portista.

Reiterando que CR7 “tem de ser um orgulho para todos os portugueses”, Conceição daria “de caras” a titularidade ao português no seu FC Porto, mas com uma ressalva: “O Cristiano chegava aqui e jogava, mas não saía o Corona... O Corona tem 150 jogos, é um jogador que tem ganho títulos.”

Apesar da qualidade individual de Ronaldo, o técnico portista alertou para a força coletiva da Juventus: “Aquando do sorteio foi dito que não estava tão bem, mas ultimamente isso não é verdade. Nos últimos oitos jogos sofreu dois golos. É uma equipa sólida, só ganhou 3-0 em casa do Barcelona...”

Ainda assim, Conceição fez questão de salientar que as dificuldades serão para os dois lados: “A Juventus vai apanhar um FC Porto dentro do seu normal, com mentalidade vencedora, com capacidade de perceber o que tem de fazer e ir à procura do resultado positivo que é a vitória.” Para isso, admitiu o treinador, será preciso defender melhor do que na Liga: “Os jogadores sabem o que se passa, é um problema que se arrasta há algum tempo. Não é normal equipas minhas sofrerem assim tantos golos. Tem a ver com a forma como atacamos e a possibilidade que damos ao adversário de contra-atacar.”

"Foco a 100%" para evitar novo dissabor
Cristiano Ronaldo deixou esta terça-feira um sério aviso aos colegas da Juventus através das redes sociais. “As rondas eliminatórias são o que interessa na Liga dos Campeões, é como se outra competição começasse a partir de agora. Todos têm de dar o seu melhor porque qualquer detalhe pode fazer a diferença”, escreveu o avançado português.

“Nos últimos dois anos fomos para casa mais cedo do que queríamos, mas todas as épocas ambicionamos fazer mais e melhor e este ano não é exceção”, salientou CR7, recordando que a equipa italiana foi eliminada pelo Ajax nos quartos de final em 2018/19 e que na época seguinte fez ainda pior, caindo aos pés do Lyon nos ‘oitavos’. Para que esse fracasso não se repita e a Juventus possa continuar a sonhar com a conquista da Champions - o grande motivo para ter resgatado Ronaldo ao Real Madrid há dois anos e meio - é preciso concentração máxima frente ao FC Porto.

“Temos um jogo muito importante contra uma equipa muito forte e só posso esperar que seja o início da longa caminhada que queremos percorrer até à final. Respeito pelo adversário, ambição de vencer e foco a 100% nos nossos objetivos”, finalizou Ronaldo, que esta terça-feira chegou ao Porto ao fim do dia.

O avançado português ficou em branco com Inter (Taça) e Nápoles (Liga italiana) e nunca nesta temporada esteve três jogos seguidos sem marcar.

“há muita motivação neste jogo”
“Há muita motivação neste jogo, todos os meninos sonham com a Champions. Temos de mudar o chip [em relação à Liga] e fazer o melhor possível para dar as maiores alegrias”, admitiu esta terça-feira Corona, que também falou de Ronaldo. “Todos sabemos quem ele é e temos de fazer o mais possível em grupo, ser compactos e sólidos”, acrescentou o extremo portista.

casos “anormais” sem impacto na champions
“Há situações anormais nos últimos três ou quatro jogos”, mas Sérgio Conceição recusa que os casos nas provas internas afetem a equipa na Champions.

planear calendário em vez de ir de férias
O treinador do FC Porto tem uma solução para o excesso de jogos de que se queixa: “Na altura em que se está de férias no Algarve, se calhar convém ter umas reuniões para planear bem.”

novo formato com 36 clubes
A UEFA prepara-se para aprovar, já em março, o novo formato da Champions que irá vigorar entre 2024 e 2033. A prova terá 36 clubes (em vez de 32) e cada equipa joga contra 10 adversários. Os 8 melhores têm acesso direto aos ‘oitavos’ e as restantes 8 vagas serão disputadas por quem ficar entre a 9ª e a 24ª posição.

psg goleia barcelona
O Barcelona foi esta terça-feira goleado (1-4) em casa pelo PSG. Messi ainda marcou primeiro, de penálti, mas Mbappé fez um hat trick (32’, 65’ e 85’) e consumou a humilhação catalã com a ajuda de Kean (70’). Trincão só entrou no Barça aos 79’ e Danilo Pereira foi a jogo pelos franceses aos 85’.

pormenores
Nanu dá passo em frente
Depois de ter sofrido uma concussão cerebral e um traumatismo vertebromedular com perda de conhecimento no jogo frente ao Belenenses SAD, no passado dia 4 de fevereiro, Nanu deu esta terça-feira um passo em frente na recuperação. Segundo o boletim clínico do FC Porto, o lateral fez “exercícios de treino condicionado integrado” pela primeira vez desde a lesão.

Mais duas baixas na Juve
Pirlo, treinador da Juventus, confirmou que, apesar de terem viajado para o Porto, Bonucci e Dybala não estão disponíveis para jogar hoje. O experiente central e o avançado juntam-se a Cuadrado no lote de indisponíveis. O médio Ramsey está de volta às opções.

Laterais voltam a ‘casa’
Danilo e Alex Sandro devem ser titulares hoje na Juventus. Os dois laterais brasileiros coincidiram no plantel portista ao longo de quatro temporadas, entre 2011/12 e 2014/15.

Dragão pode fugir à águia
Caso vença hoje a Juventus, o FC Porto chega aos 115 triunfos na Liga dos Campeões ou na Taça dos Campeões Europeus. À data de hoje os dragões estão empatados com o Benfica: 114.


Ver comentários