Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Treinador de guarda-redes do Sporting despedido por telefone

Rui Correia, técnico dos sub-23, dispensado por Nélson Pereira durante uma conversa telefónica.
Mário Figueiredo 20 de Junho de 2019 às 09:51
Rui Correia
Rui Correia FOTO: Carlos Barroso
Rui Correia, treinador de guarda-redes do Sporting, foi despedido por telefone, apurou o CM.

O antigo guarda-redes do Sporting, Sp. Braga e FC Porto estava na estrutura leonina há dois anos e assumiu o cargo de treinador dos guarda-redes dos B e Sub-23. No entanto, foi avisado por Nélson Pereira (treinador de guarda-redes da equipa principal) que os leões já não contavam com ele, durante um telefonema.

"O Rui ligou para o Nélson porque constou-lhe que teria havido algo. Ligou para esclarecer a situação e foi durante esse telefonema que o Nélson lhe disse que não contava com ele, porque ele é uma pessoa muito fechada", contou ao CM fonte próxima do ex-guardião.

O CM sabe que Rui Correia não reconheceu autoridade e poder a Nélson Pereira para o despedir, como contou ao CM a mesma fonte: "o Rui está no Sporting desde os 14 anos. Foi lá que se fez homem e jogador. E foi lá que aprendeu que estas decisões são tomadas pelo presidente ou vice-presidentes". Rui Correia, que foi internacional português, tem contrato com os leões até 30 junho e ainda aguarda o telefonema do presidente.

Revolução profunda na formação
Frederico Varandas está a proceder a uma revolução. Luís Vidigal deixou o cargo de coordenador da formação sendo substituído por Miguel Quaresma. Luís Dias, que era o coordenador técnico, também deixou o clube após 23 anos. Vai trabalhar para a Gestifute de Jorge Mendes. Leonel Pontes regressa para orientar os Sub-23.
Ver comentários