Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Vítor Catão suspenso por três anos e meio

Mão pesada do Conselho de Disciplina da AF Porto para o presidente do São Pedro da Cova.
Record 16 de Maio de 2022 às 21:00
Vítor Catão, presidente do São Pedro da Cova, foi suspenso por três anos e meio pelo Conselho de Disciplina da AF Porto e condenado ainda a pagar uma multa de 560 euros. Em causa estão os incidentes registados no encontro com o São Lourenço do Douro, para a Taça da AF Porto, em março passado, em que o árbitro foi agredido.

Tudo começou quando a equipa do Marco de Canaveses fez o primeiro golo (o único até ao jogo ser interrompido aos 60'), o que motivou a revolta da formação de Gondomar: o presidente do S. Pedro da Cova 1937, Vítor Catão, criticou duramente a arbitragem de Ricardo Carriço que logo mostrou o cartão vermelho ao dirigente. Quando Ricardo Carriço se encaminhava para o túnel dos balneários. O agressor foi identificado como sendo Vítor Catão, segundo apurou Record na altura.

(em atualização)
São Lourenço do Douro Vítor Catão Conselho de Disciplina da AF Porto Ricardo Carriço desporto futebol
Ver comentários
}