Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Contagem de votos físicos das últimas eleições do Benfica confirma vitória de Vieira

Votação bateu certo (teve variações de décimas) com contagem de votos eletrónicos.
Correio da Manhã e Lusa 1 de Agosto de 2021 às 11:20
A carregar o vídeo ...
Contagem de votos físicos das últimas eleições do Benfica confirma vitória de Vieira
Os votos físicos das últimas eleições do SL Benfica confirmam a vitória de Luís Filipe Vieira.

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica, acompanhado por um grupo de sócios escolhidos de forma aleatória, estiveram este sábado reunidos na contagem dos votos físicos relativos às últimas eleições no clube.

No comunicado, o presidente da MAG assinala que houve diferença na correspondência de votos em 10 urnas em Lisboa, no Pavilhão da Luz, e sete fora da capital, mas assinala que as mesmas representam "cerca de 0,35% em relação ao total de votantes em todo o ato eleitoral".

O responsável explica ainda que essa mesma diferença foi distribuída pelas listas A [de Luís Filipe Vieira] e B [de João Noronha Lopes], numa diferença total de votantes que "não ultrapassou os 139 votos".

Recorde-se que na época das eleições, já tinham sido contados os votos eletrónicos, que bateu certo (teve variações de décimas) com os resultados dos votos físicos. Ou seja, a vitória do agora ex-presidente Luís Filipe Vieira foi confirmada.

Nas eleições de outubro, efetuadas por voto eletrónico, Luís Filipe Vieira foi eleito com 62,59% (471.660 votos), batendo a lista B, liderada pelo gestor João Noronha Lopes, que conseguiu 34,71% (261.574), e a lista D, do advogado Rui Gomes da Silva, que ficou nos 1,64% (12.341).

Entretanto, já em julho, o 'vice' Rui Costa assumiu à presidência do clube e da SAD, após Luís Filipe Vieira ser detido para interrogatório, no âmbito da operação 'Cartão Vermelho'.

Luís Filipe Vieira, que está em prisão domiciliária até depositar uma caução de três milhões de euros, foi um dos quatro detidos numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado, SAD do clube e Novo Banco.

Benfica Luís Filipe Vieira SL desporto
Ver comentários