Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Atleta com medalha de prata nos Jogos Olímpicos assaltado no regresso a Itália

Lorenzo Zazzeri ficou sem alguns bens que tinha trazido de Tóquio.
Record 3 de Agosto de 2021 às 19:15
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri (segundo a contar da direita) com os companheiros
Lorenzo Zazzeri regressou esta terça-feira a Itália após ter vencido a medalha de prata nos 4x100 metros livres de natação - juntamente com Alessandro Miressi, Thomas Ceccon e Manuel Frigo - em Tóquio'2020, mas a celebração pelo feito alcançado, depressa foi estragada... por assaltantes. 

O atleta juntou-se em Florença, na piscina do RariNantes Florentia, clube onde treina, para festejar o triunfo com os restantes companheiros e o treinadores, mas quando chegou ao carro percebeu que tinha sido assaltado em plena luz do dia. O vidro do veículo foi partido e o atleta ficou ainda sem algumas das memórias que trouxe dos Jogos Olímpicos. De acordo com o próprio, roubaram-lhe um tablet e ainda uma câmara fotográfica, na qual tinha as fotografias e vídeos da sua participação no evento, para além de alguns presentes que tinha comprado para a família. 'Escapou' a medalha de prata que Zazzerri tinha levado consigo para o convívio.

O nadador italiano recorreu às redes sociais para deixar uma mensagem aos assaltantes, na qual pede que lhe sejam devolvidas as memórias, abdicando dos restantes bens. "Apelo aos ladrões, se algum dia lerem tudo isso, para que devolvam as minhas memórias à Piscina de Bellariva e guardem todo o restante material que possam precisar. Também estou disponível para pagar um resgate para as ter de volta. Estou destroçado", escreveu Zazzeri.
Manuel Frigo Thomas Ceccon Itália Lorenzo Zazzeri Alessandro Miressi Tóquio desporto natação assalto
Ver comentários