Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Dirigente de basquetebol e empresário presos pela PJ por crime de burla

Autoridades estimam que a burla envolve centenas de milhares de euros.
Miguel Curado 24 de Janeiro de 2019 às 09:42
Dirigente de basquetebol e empresário presos pela PJ por crime de burla
Basquetebol
Dirigente de basquetebol e empresário presos pela PJ por crime de burla
Basquetebol
Dirigente de basquetebol e empresário presos pela PJ por crime de burla
Basquetebol

Um dirigente de um clube de basquetebol da ilha Terceira, Açores, foi preso numa operação conjunta da Polícia Judiciária daquela região autónoma, com outros departamentos do continente.

Além deste responsável, foi também preso um empresário do ramo das viagens. Ambos estão indiciados pelos crimes de burla qualificado, falsificação de documentos, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

A operação ‘Boa Viagem’  recolheu indícios, através de buscas feitas nos Açores, e nas zonas de Lisboa e Aveiro, de que os dois homens falsificaram documentos e elaboraram faturação fictícia para conseguirem receber indevidamente reembolsos de viagens ao abrigo do subsídio social de mobilidade em vigor nos Açores.

A PJ estima a burla em centenas de milhares de euros.

Foram ainda constituídos três arguidos, suspeitos de envolvimento na atividade criminosa.

Os detidos, de 33 e 48 anos, são hoje presentes a tribunal.

Açores Aveiro Polícia Judiciária PJ empresário Lisboa questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários