Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Francis Obikwelu felicita novo recordista europeu dos 100 metros

Lamont Jacobs sucedeu este domingo à 'lenda' jamaicana Usain Bolt como campeão olímpico dos 100 metros em Tóquio2020.
Lusa 1 de Agosto de 2021 às 19:56
Obikwelu é o mais rápido velocista português
Obikwelu é o mais rápido velocista português FOTO: Miguel Barreira
O antigo velocista português Francis Obikwelu, que detinha desde 2004 o recorde europeu nos 100 metros (9,86 segundos), deu os parabéns ao seu sucessor, Lamont Jacobs, italiano que se sagrou este domingo campeão olímpico em Tóquio2020, com 9,80 segundos.

"Parabéns [Lamont Jacobs], depois de cerca de 20 anos, o recorde europeu dos 100 metros é batido. Para mim é um orgulho assistir a esta evolução e uso-a como motivação também no meu trabalho com os jovens atletas", lê-se no texto publicado na conta de Instagram de Obikwelu, e que é acompanhado de uma fotografia do italiano.

Lamont Jacobs sucedeu este domingo à 'lenda' jamaicana Usain Bolt como campeão olímpico dos 100 metros em Tóquio2020, sendo o mais rápido na prova 'rainha' do atletismo, à frente do norte-americano Fred Kerley (9,84), segundo, e do canadiano Andre De Grasse (9,89), terceiro, e conseguindo bater pela segunda vez no dia o recorde da Europa.

Com 9,84 segundos na terceira meia-final, já tinha 'apagado' da lista dos recordes europeus o português Francis Obikwelu (2004) e o francês Jimmy Vicaut (2015), que partilhavam o melhor registo do 'velho continente', com 9,86.

"Parabéns pelo caminho percorrido, que foi duro com toda a certeza, mas a vitória pertence aos fortes, aos que acreditam sempre que, com treino e dedicação, o sucesso acaba por chegar", realçou o recordista português, que nasceu na Nigéria há 42 anos.

Lamont Jacobs, de 26 anos, não era apontado como favorito, mas tornou-se o primeiro europeu campeão no hectómetro olímpico desde Barcelona1992 (quando venceu o britânico Linford Christie), sucedendo ao tricampeão e recordista mundial Usain Bolt.

"Hoje, perco meu recorde europeu e passo o testemunho [ao Lemont Jacobs] com muito orgulho e desejos de mais sucessos e velocidade", finalizou Obikwelu.

Francis Obikwelu Tóquio2020 Usain Bolt Lamont Jacobs desporto atletismo vela
Ver comentários