Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Frederico arrebata amarela na Volta a Portugal

Ciclista deu espetáculo na subida para o Observatório de Vila Nova e destronou o colega de equipa Mauricio Moreira.
Luís Oliveira 11 de Agosto de 2022 às 09:31
Frederico Figueiredo (à direita) ‘roubou’ a amarela ao colega Mauricio Moreira
Frederico Figueiredo (à direita) ‘roubou’ a amarela ao colega Mauricio Moreira FOTO: Pedro Sarmento Costa / Lusa
O ciclista Frederico Figueiredo (Glassdrive) é o novo líder da 83ª edição da Volta a Portugal após vencer isolado a 5ª etapa, que terminou no Observatório de Vila Nova, Miranda do Corvo. O atleta de 31 anos, natural de São Sebastião da Pedreira, arrebatou a camisola amarela ao seu colega de equipa Mauricio Moreira, que esta quarta-feira perdeu tempo na subida final, de 10 quilómetros, e que nunca tinha sido utilizada na Volta a Portugal.

Após o dia de descanso, a etapa desta quarta-feira, de 165,7 quilómetros, começou na Mealhada e o pelotão imprimiu um forte ritmo, impedindo qualquer tipo de fuga. A escapada do dia acabaria por se formar ao km 84 e contou com 11 ciclistas. O grupo nunca conseguiu grande vantagem e quando faltavam 25 quilómetros para a meta a equipa do camisola amarela acelerou o ritmo e anulou a fuga. Na subida final, assistiram-se a algumas tentativas de fuga, mas a dureza da mesma viria a selecionar os melhores. A menos de quatro quilómetros da meta Frederico Figueiredo desferiu o ataque e deixou toda a gente em dificuldade, incluindo o camisola amarela. Figueiredo acabou por ganhar isolado na meta no Observatório de Vila Nova. Em segundo lugar ficou Henrique Casimiro (Efapel) e Luís Fernandes (Radio Popular-Boavista) foi terceiro. Mauricio Moreira acabou por minimizar as perdas e ficou na quarta posição, a 37 segundos do seu colega de equipa vencedor e agora líder da prova. Frederico Figueiredo tem sete segundos de vantagem sobre Mauricio Moreira e 38 segundos de Luís Fernandes.

Esta quinta-feira corre-se a sexta etapa, entre as cidades de Águeda e Maia, na distância de 159,9 quilómetros.
Ver comentários