Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Judoca Joana Ramos conquista medalha de bronze no Grand Slam de Tbilissi na Geórgia

Atleta portuguesa é 24.ª no 'ranking' olímpico e 17.ª no apuramento direto para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020.
Lusa 26 de Março de 2021 às 15:33
Judoca Joana Ramos
Judoca Joana Ramos FOTO: Reuters
A judoca portuguesa Joana Ramos conquistou esta sexta-feira a medalha de bronze na categoria de -52 kg no Grand Slam de Tbilissi, ao vencer a brasileira Larissa Pimenta, no quinto combate na competição.

Joana Ramos, 24.ª no 'ranking' olímpico e 17.ª no apuramento direto para os Jogos Olímpicos de Tóquio2020, venceu a judoca brasileira, 10.ª e com quem nunca tinha combatido, por 'ippon', já no prolongamento do combate.

A judoca portuguesa acabou por garantir a conquista da medalha de bronze à passagem do primeiro minuto no ponto de ouro, período após os quatro minutos regulamentares, com Larissa Pimenta a ser penalizada com um terceiro castigo ('shido').

Durante o combate, Joana Ramos teve também dois 'shido', num duelo muito equilibrado, em que a judoca brasileira acabou por ser castigada por falso ataque, já numa fase de cansaço evidente para ambas.

Antes de chegar ao 'bronze', Joana Ramos venceu a guineense Taciana Cesar (29.ª), a britânica Yasmin Javadian (221.ª) e a holandesa Naomi Van Krevel (52.ª), esta na repescagem, já depois de ter perdido nas meias-finais com a italiana Odette Giuffrida (quarta), que viria a conquistar o 'ouro'.

Esta é a primeira medalha individual de Joana Ramos - que hoje venceu quatro dos cinco combates -, desde a medalha de bronze no Grande Prémio de Cancun, em 2018, repetindo um 'bronze' que já tinha alcançado na capital da Geórgia, em 2017.

A medalha desta sexta-feira, a valer 500 pontos, permitirá à judoca descartar um dos resultados na soma olímpica e subir no 'ranking', quando está na penúltima posição de qualificação direta para os Tóquio2020 e ainda estão muitos pontos em disputa.

Além de Joana Ramos, em Tblissi estiveram hoje em ação mais cinco judocas portugueses, destacando-se igualmente o percurso de Catarina Costa (-48 kg), com a judoca de Coimbra, também em 'zona olímpica' (oitava), a terminar no quinto lugar.

Catarina Costa disputou quatro combates, com um saldo de duas vitórias e duas derrotas, a última das quais por imobilização, diante da eslovena Marusa Stangar (12.ª), que conquistou a medalha de bronze.

Entre os restantes, Wilsa Gomes (-57 kg) perdeu ao segundo combate, enquanto Rodrigo Lopes (-60 kg), João Crisóstomo (-66 kg) e Joana Diogo (-52 kg) perderam nos combates de estreia.

No sábado, competem em Tblissi Joana Crisóstomo (-70 kg), João Fernando (-73 kg) e Anri Egutidze (-81 k), e no domingo Rochele Nunes (+78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

Ver comentários