Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Loucura do rali é superespecial

Ostberg e Neuville foram os mais rápidos na Superespecial de Lousada.
Ana Silva Monteiro 19 de Maio de 2017 às 08:38
Milhares de pessoas aplaudiram o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota)
Milhares de pessoas aplaudiram o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota) FOTO: Paulo Oliveira
Mads Ostberg (Ford Fiesta) e Thierry Neuville (Hyundai i20) fizeram os melhores tempos na Superespecial de Lousada que, como é habitual, abriu o Rali de Portugal, num ambiente fantástico e com milhares de pessoas a encherem a pista da Costilha.

"Também entrei um bocadinho na loucura do público. Foi um duelo [com Paddon] bem apertado. Cometi alguns pequenos erros, mas, para já, estou contente", referiu Ostberg, a quem a organização atribuiu o primeiro lugar, com o mesmo tempo de Neuville, que procura a terceira vitória seguida neste Mundial, depois dos triunfos em França e na Argentina.

Porém, a classificação geral é liderada por Sébastien Ogier (Ford Fiesta), que ontem ficou a 0,7 segundos da dupla da frente. Kris Meeke (Citroën C3), vencedor do Rali do ano passado, ficou a dois segundos do topo.

Apesar do vento e do normal pó - a organização bem tentou regar a pista -, a multidão que se deslocou a Lousada - viam-se bandeiras de vários países - assistiu, ruidosa, ao início da competição. Hoje, a prova viaja até ao Alto Minho, antes da Braga Street Stage, que tem lugar já ao início da noite.

Miguel Campos foi o melhor piloto português
u Miguel Campos foi o melhor português. O piloto de Famalicão ficou na frente com um tempo de 2.45,8 minutos, 3,4 segundos mais rápido que o bicampeão nacional, José Pedro Fontes.
Ver comentários