Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

"Não são ricos, eu é que sou": Shaquille O'Neal e a divisão da fortuna que deixa os filhos irritados

Antigo astro da NBA garante que não vai facilitar a vida à família e que esta tem de "merecer".
Record 2 de Novembro de 2021 às 10:17
Shaquille O'Neal foi um dos maiores astros da história da NBA, e até fora de campo se tem vindo a destacar com inúmeros negócios. Mas isso não significa que o norte-americano facilite a vida aos filhos, uma vez que segundo o mesmo, em entrevista publicada no 'The New York Post', a fortuna não é deles, e precisam de trabalhar para "a merecer".

"Há uma regra: educação. Não quero saber se vão jogar basquetebol. Não quero saber de nada disso. Tenho seis filhos. Gostaria que fossem médicos, donos de um fundo de investimento, farmacêuticos, advogados, donos de vários negócios... alguém que cuidasse dos meus negócios. Mas digo-lhes sempre que não lhes vou dar nada. Eles têm de merecer", começou por dizer, antes de revelar a indignação da família, que "não entende" a sua posição.

"Eles já são maiores de idade. Estão um pouco chateados comigo. Não é bem chateados, mas não me entendem. Digo-lhes sempre que não somos ricos, eu é que sou. Têm de ter uma licenciatura e a partir daí, se quiserem que eu contribua para as suas empresas, têm de as apresentar. Não lhes vou dar nada".

O norte-americano explicou ainda o porquê de não se considerar e de não gostar do estatuto de "celebridade". "Não quero estar nessa categoria. Essas pessoas são loucas pela maneira como tratam os outros, pelo que fazem, o que dizem... nunca fui assim. Não quero que olhem para mim assim. Sou uma pessoa normal que ouvi os outros, fui atrás dos meus sonhos e cumpri-os. Vim do nada, e só porque conquistei muito não significa que seja melhor ou mais inteligente que tu. Ou lá por ter mais dinheiro, não significa que seja melhor. Nunca fui assim e nunca serei", rematou.
Ver comentários