Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sporting na final da Champions de futsal

Leões tentam esta segunda-feira reeditar a conquista do troféu (em 2019), frente ao Barcelona.
Mário Pereira 2 de Maio de 2021 às 09:27
Zicky (Sporting) tenta ultrapassar Borja (Inter Movistar), em fase do jogo
Zicky (Sporting) tenta ultrapassar Borja (Inter Movistar), em fase do jogo FOTO: Getty Images
O Sporting qualificou-se este sábado para a final da Liga dos Campeões de futsal (na qual defronta o Barcelona), após vencer a formação espanhola do Inter Movistar, pelo resultado de 5-2.

Na Kresimir Arena, na cidade de Zadar (Croácia), a formação realizou uma portentosa exibição frente a uma das equipas mais conceituadas do Mundo, que já venceu a competição em cinco ocasiões (recorde da prova). Com este triunfo, o Sporting consegue aceder à final da Champions pela quinta vez no seu historial, tendo conquistado um título, em 2019.

O jogo de sábado teve um herói. O guarda-redes Guitta, na baliza da formação portuguesa, cotou-se com uma portentosa exibição, mostrando a razão pela qual é considerado por muitos como o melhor jogador do Mundo na sua posição. Além das inúmeras defesas que garantiram ânimo permanente à sua equipa e desespero nos contrários, foi ainda autor de um golo, com um remate de meia distância.
O Sporting adiantou-se cedo no marcador, antes dos 2 minutos, por Cavinato. Sofreu depois uma forte pressão do Inter Movistar e concedeu o empate. Mas poucos segundos depois recuperou a vantagem que tranquilizou o conjunto, no tal lance de Guitta. O intervalo chegou com os leões em vantagem, por 2-1.

Na segunda parte, a equipa lusa atuou com grande mestria e muita cabeça fria. Chegou ao 3-1 e não perdeu o controlo do jogo quando os espanhóis reduziram. Com classe, fez o 4-2 e chegou ao quinto golo a seis segundo do fim. Na outra meia-final, o Barcelona venceu o Kairat Almaty (3-2). A final realiza-se esta segunda-feira (19h00).

Nuno Dias destaca atitude competitiva
"Começo a deixar de ter palavras para elogiar o que a minha equipa tem feito. A atitude competitiva tem sido irrepreensível", disse Nuno Dias, treinador do Sporting.
Ver comentários