Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Super-Reis mete a terceira e vence etapa da Volta a Portugal

Ciclista da Efapel vence por três vezes e é o novo camisola amarela.
Luís Oliveira 13 de Agosto de 2021 às 08:32
Rafael Reis saudado pelos colegas da Efapel, após a vitória de ontem
Rafael Reis saudado pelos colegas da Efapel, após a vitória de ontem FOTO: Nuno Veiga / Lusa
É a grande figura da 82ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, que está ao rubro. Rafael Reis (Efapel), de 29 anos, venceu esta quinta-feira isolado a 7ª etapa da Grandíssima, a mais longa da prova (193,2 km), e é o novo camisola amarela.

A estratégia da Efapel resultou em pleno: ganhou a quarta etapa da prova e recuperou a liderança. Aliás, e tendo em conta a grande rivalidade existente na corrida, se ciclismo fosse futebol, o resultado, neste momento, é categórico: quatro para a Efapel, zero para a W52-FC Porto. A etapa desta quinta-feira foi em tudo semelhante às dos dias anteriores. Formou-se uma fuga numerosa (27 corredores), com ciclistas das duas mais fortes equipas em prova e no pelotão não houve entendimento para a sua anulação, pelo que os fugitivos voltaram a levar a melhor. Após a última contagem de montanha, na serra da Nogueira, Luís Mendonça e Rafael Reis atacaram na descida para a meta e Reis cruzou a linha de meta isolado. A 16 segundos chegaram os ciclistas que conseguiram resistir à recuperação de tempo do que restava do pelotão. Rafael Reis, que dedicou a vitória a Pedro Silva - ex-ciclista e que morreu poucos dias antes do início da Volta - é o primeiro da classificação geral, Alejandro Marque é segundo a 28 segundos e Amaro Antunes terceiro a 33.

Esta sexta-feira a etapa termina na serra do Larouco, em Montalegre.
Super-Reis Efapel Grandíssima Volta a Portugal desporto ciclismo
Ver comentários