Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Van der Poel abandona Mundial de ciclismo após ser detido por agressão a duas crianças

Ciclista terá sido incomodado por um grupo de crianças que brincavam no corredor do hotel e batiam de porta em porta.
Record 25 de Setembro de 2022 às 09:04
Van der Poel
Van der Poel FOTO: Reuters
Mathieu van der Poel, um dos principais favoritos a vencer a prova de fundo de elites foi detido na madrugada de sexta-feira para sábado por ter alegadamente agredido duas duas meninas de 13 e 14 anos, que surgiram à porta do quarto de hotel onde o ciclista holandês da Alpecin–Deceuninck estava hospedado antes da principal prova do Mundial.
De acordo com o 'Sporza', van der Poel terá sido incomodado por um grupo de crianças que brincavam no corredor do hotel e batiam de porta em porta, com o ciclista holandês a acabar por magoar uma das crianças quando tentou agarrá-la. A mesma fonte acrescenta ainda que van der Poel foi detido e levado para uma esquadra, onde acabou por estar cerca de duas horas a prestar declarações.

"Sim, sim, é verdade [os rumores]. Houve uma pequena briga. Eram uns vizinhos barulhentos e eles são muito rígidos com esse tipo de comportamentos aqui. Não regressei ao meu quarto antes das quatro [da madrugada], algo que certamente não foi muito bom para mim. É um desastre, mas não posso mudar nada agora. Vou tentar dar o meu melhor", terá dito o ciclista holandês ainda antes da prova, em declarações citadas pelo 'Sporza'. "Estava na cama desde cedo (21 horas) e de repente um grupo de crianças acharam por bem começarem a bater constantemente à minha porta. Depois de baterem algumas vezes, fartei-me e deixei de pedir que parassem de forma calma e educada. Depois, a polícia foi chamada ao local e foi quando me levaram [para a esquadra]", acrescentou.

A verdade é que van der Poel ainda alinhou na corrida de hoje, mas acabou por ser o primeiro desistente quando estavam apenas decorridos 30 dos perto de 270 quilómetros da competição.

Mais tarde, foi a vez da polícia australiana afirmar em comunicado a detenção de van der Poel. "Mathieu van der Poel envolveu-se numa disputa verbal com dois adolescentes de 13 e 14 anos. Van der Poel empurrou as duas meninas. Uma delas acabou por cair no chão e a outra foi empurrada contra a parede e acabou por fazer uma pequena lesão no cotovelo", pode ler-se.

Segundo os meios de comunicação australianos, van der Poel vai ser presente a tribunal na terça-feira e poderá ficar retido na Austrália até dia 23 de outubro, algo que se acontecer significará praticamente o fim da sua temporada.

Todo este episódio provocou enorme alvoroço na Holanda - apesar da prova decorrer de madrugada- , pois os muitos adeptos do ciclismo esperavam um grande resultado da sua estrela e de imediato surgiram muitas críticas ao seu comportamento, mas também aos dos responsáveis da seleção que, aparentemente, não surgiram em cena de modo a proteger o ciclista.

A imprensa australiana avança com a ideia de que o pedido de desculpas do corredor poderá funcionar como atenuante junto das autoridades judiciais.
Mathieu Van Alpecin Sporza ciclismo
Ver comentários