Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Vasco Ribeiro aproveitou "sintonia" com ondas

Português considera indescritível o título mundial de surf de juniores.
29 de Outubro de 2014 às 15:44

O português Vasco Ribeiro reconheceu esta quarta-feira ter beneficiado da "sintonia" com as ondas da praia da Ribeira D'Ilhas, em Mafra, para conquistar o título mundial de surf de juniores, que considerou indescritível.

"Senti-me muito bem, estou muito contente, nem tenho palavras para descrever este momento. Surfei quatro vezes hoje, senti-me sempre muito bem, estava com a prancha ótima e agora é aproveitar", afirmou à Lusa o surfista de Cascais, que juntou o título mundial ao europeu da categoria.

Vasco Ribeiro, de 19 anos, sucedeu no historial da competição ao brasileiro Gabriel Medina, atual líder do circuito mundial, ao impor-se no 'heat' decisivo a Italo Ferreira, ao conquistar 18,63 pontos (9 e 9,63), contra os 12,77 (6,17 e 6) do outro finalista.

"Eu tenho trabalhado imenso, estou a sentir-me muito bem e espero que seja para continuar", reconheceu o campeão nacional de 2011, 2012 e 2014.

Até à final, Vasco Ribeiro derrotou esta quarta-feira o brasileiro Deivid Silva, nas meias-finais, o japonês Takumi Yasui, nos quartos de final, e o havaiano Joshua Moniz, na quarta eliminatória, que o cascalense assegura ter enfrentado de igual forma.

"Tento dar o meu melhor"

"Foram todos muito difíceis, mas eu não me preocupo muito com os outros, tento acima de tudo dar o meu melhor, fazer as minhas ondas e um bom surf", frisou.

Além do apoio do areal, Vasco Ribeiro reconheceu que talvez tenha sido benéfico surfar em 'casa', até pela forma como soube aproveitar as ondas de Ribeira D'Ilhas.

"Não sei se foi vantagem, se calhar um bocadinho, sinto-me em muita sintonia com estas ondas, mas agora é descansar e aproveitar", rematou.

Vasco Ribeiro Cascais Gabriel Medina surf
Ver comentários