Barra Cofina

Correio da Manhã

Domingo
8

A outra família de Leya

Já foram personagens de filmes e de banda desenhada e são também a companhia animal preferida de muitas figuras públicas. A semana passada os Terriers voltaram a dar que falar quando Leya, a cadela de Mourinho, foi notícia nos jornais. A revista Domingo foi conhecer a verdadeira família da ‘famosa’ Yorkshire Terrier.
27 de Maio de 2007 às 00:00
Sabe o que têm em comum o treinador português José Mourinho, o príncipe Carlos, o presidente Bush, e ‘Tintim’, a conhecida personagem de BD? Se pensou num Terrier acertou. Mas se é verdade que os donos são conhecidos, os cães acabam por, na maioria das vezes, conseguir passar incógnitos. O que nem sempre acontece...
A prová-lo, o caso da pequena Leya, a Yorkshire Terrier de Mourinho, que a semana passada foi motivo de orgulho da ‘classe canina’ depois de ter ido parar às capas dos jornais. E não foi por ter participado num jogo de futebol, já que se desconhece se a dita tem talento para a bola. Leya fez o dono passar quatro horas na prisão, porque se recusou entregá-la ao Serviço de Controlo e Saúde Animal, que pretendia pôr a Terrier de quarentena, por falta de vacinação contra a raiva.
Mas a Yorkshire Terrier, que tem no clã Mourinho – como ficou provado com o singular episódio – um grande apoio, pertence a uma família muito maior. As verdadeiras raízes de Leya estão em Inglaterra, mas os seus pares encontram-se espalhados pelo Mundo, ou não houvesse 34 raças distintas de Terrier. Ele é Terrier de companhia – grupo onde a Yorkshire se inclui –, ele é de tamanho médio e grande, de tamanho pequeno e também de tipo Bull. E se há características específicas de cada grupo, todos podem orgulhar-se de ter ‘herdado’ uma personalidade viva, ágil e inteligente, independentemente do grupo a que pertencem. Agora não se pense que a ‘função’ dos Yorkshires foi sempre de companhia: os simpáticos cães começaram por ser exímios caçadores de ratos.
Já o valor dos Terriers varia de acordo com a raça, o pedigree e ainda os prémios recebidos pelos pais e avós. Como se desconhece se os progenitores de Leya terão sido campeões famosos, ou se porventura ela própria terá recebido algum prémio pelos seus talentos, o valor pode ser tão díspar como o de um Smart e um Rolls Roice.
O REGRESSO A PORTUGAL
Terça-feira, 15 de Maio, Mourinho recebe um telefonema e sai a correr da cerimónia onde se encontrava. O motivo? Em sua casa estava a polícia e veterinários, que alegavam que Leya (na foto ao colo da mulher, Tami) tinha viajado sem as vacinas em dia e que, por isso, era necessário levá--la para estar seis meses em quarentena. Para não ter de a entregar, José soltou-a na rua. Na sexta-feira, Tami trouxe a cadela para Portugal.
OUTRAS RAÇAS
Existem 34 raças de Terrier divididas em quatro grupos. Conheça alguns exemplares
Yorkshire Terrier
É a raça da ‘famosa’ Leya. Originários da região de Yorkshire, em Inglaterra, estes cães são, por norma, azul-aço escuro, com afogueado nas patas. Têm tamanho pequeno, não devendo exceder os 3,1 kg e são carinhosamente tratado por Yorkies. Têm um temperamento corajoso e alegre.
Fox Terrier
O Fox Terrier de pêlo cerdoso pertence ao grupo dos Terriers de tamanho grande e médio. Tem, por norma, o crânio comprido e corpo de estrutura quadrada. ‘Tintim’, famosa personagem de BD, tinha um Fox Terrier de pêlo cerdoso, o conhecido ‘Milú’, que o acompanhava em todas as aventuras.
Jack Russell
Utilizado no filme ‘A Máscara’, dada a sua facilidade de aprendizagem e grande agilidade, este tipo de Terrier, o Jack Russell, pertence ao grupo dos Terriers de tamanho pequeno. Carlos de Inglaterra é um famoso criador de Jack Russell e regularmente aparece na imprensa ao seu lado.
Bull Terrier
O general Patton, herói da Segunda Guerra Mundial tinha um Bull Terrier que o acompanhava nas acções de campanha e de combate. Esta raça enquadra-se no grupo de tipo Bull, cujos cães são fortes e bem musculados. Os crânios destes animais são fortes e são também muito enérgicos e vivos.
Airedale Terrier
É o maior de todos os Terriers. É de cor preta afogueada e tem o corpo de estrutura quadrada, com pêlo cerdoso. É usado para a caça ao javali e outros animais de maior porte e é também como cão policial ou militar. É um cão bastante rápido e ágil.
Smooth Fox
O Smooth Fox, ou Fox de pêlo liso, é em tudo semelhante ao Fox de pêlo cerdoso, excepto na pelagem que é curta. É um Terrier muito utilizado na caça ao texugo, ao saca-rabos e à raposa. Não é tão popular como o seu primo de pêlo cerdoso, apesar de o seu pêlo dar muito menos trabalho.
Ver comentários