Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Governo alarga IRS Jovem e reforça Programa Regressar no Orçamento do Estado

Siza Vieira confirmou redução "do imposto a pagar", visando reter talento no país.
Lusa 11 de Outubro de 2021 às 15:13
Pedro Siza Vieira, ministro da Economia
Pedro Siza Vieira, ministro da Economia
O ministro da Economia confirmou, esta segunda-feira, que a proposta do OE2022 introduz "um reforço" do programa IRS Jovem, que "vai passar a ser automático, reduzindo significativamente o imposto a pagar" pelos jovens que concluem "os graus de ensino".

Sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), que vai ser entregue esta segunda-feira na Assembleia da República, para debate na generalidade entre 26 e 27 de outubro, Siza Vieira confirmou que introduz "um reforço" dos programas IRS Jovem, que "vai passar a ser automático, reduzindo significativamente o imposto a pagar" pelos jovens que concluem "os graus de ensino", visando reter talento no país.

O governante confirmou também o alargamento do Programa Regressar, de apoio aos emigrantes que queiram voltar para Portugal.

Siza Vieira destacou no documento "um esforço muito grande" em termos de "alisamento dos custos da energia", um fator que diz ser "muito significativo" e que "está a impactar" a atividade das empresas, particularmente as industriais, defendendo que um reforço das transferências para o sistema elétrico vai permitir "reduzir muito significativamente" as tarifas de acesso às redes e também atenuar a subida do preço do gás natural.

A proposta de OE2022 foi aprovada depois de uma maratona em Conselho de Ministros, que começou às 09h30 de sexta-feira e acabou às 02h00 de sábado, e vai ser entregue esta segunda-feira ao presidente do parlamento, Eduardo Ferro Rodrigues, pelo ministro das Finanças, João Leão.

Ver comentários