Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

150 trabalhadores em plenário da TAP

Vários deputados estão presentes na reunião.
João Monteiro de Matos 18 de Novembro de 2015 às 16:45
No plenário estão os deputados Bruno Dias, o cineasta António Pedro Vasconcelos, da Associação Peço a Palavra, e o secretário-geral da CGTP Arménio Carlos
No plenário estão os deputados Bruno Dias, o cineasta António Pedro Vasconcelos, da Associação Peço a Palavra, e o secretário-geral da CGTP Arménio Carlos FOTO: José Coelho/Lusa

Cerca de 150 trabalhadores da TAP estão reunidos em plenário para debater o processo da companhia aérea. O encontro conta apenas com a presença dos quadros inferiores da empresa.

Na reunião estão presentes vários deputados, entre os quais o comunista Bruno Dias, o cineasta António Pedro Vasconcelos, da Associação Peço a Palavra, e o secretário-geral da CGTP Arménio Carlos.

Segundo fonte sindical contactada pelo CM, os quadros superiores da TAP foram esta quarta-feira dispensados de qualquer serviço, evitando assim a comparência na reunião.

Moção contra a venda aprovada
Os trabalhadores da TAP aprovaram esta quarta-feira em plenário uma moção contra a privatização da companhia aérea, disse à Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores.

Segundo José Augusto, a moção que pede a reversão do negócio foi aprovada por larga maioria e aponta para "algumas irregularidades" na privatização da empresa, como a venda a semana passada por um Governo de gestão, ou alienação, ao consórcio Gateway, que os trabalhadores consideram que "não cumpre os requisitos da legislação europeia".
TAP plenário companhia aérea
Ver comentários