Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Comendador faleceu três dias após anúncio de falência da empresa que criou

Era fundador da fábrica de calçado Armando Silva, que vai encerrar até final do ano e dispensar 62 trabalhadores.
Correio da Manhã 4 de Setembro de 2021 às 09:21
Armando Silva tinha 101 anos
Armando Silva tinha 101 anos FOTO: Direitos reservados
O fundador da fábrica de calçado Armando Silva, que vai encerrar até final do ano e dispensar 62 trabalhadores, faleceu quinta-feira à noite. Tinha 101 anos. Trabalhou até aos 94 e, depois disso, visitava quase todos os dias a unidade industrial que abriu em 1946, segundo uma notícia avançada esta sexta-feira pelo ‘Negócios’.

A morte do comendador Armando Silva ocorreu três dias depois de ter sido anunciado que a fábrica a que deu nome, que produzia calçado masculino de gama alta em São João da Madeira, vai encerrar as portas até final do ano e dispensar os seus 62 trabalhadores.

“Cento e um anos. É com esta idade que o senhor Armando Silva, como carinhosamente é chamado em São João da Madeira, nos deixa. Cem anos de histórias, de pessoas, de desafios, de aventuras e um legado de inspiração e de dedicação”, lê-se num ‘post’ publicado pela associação do setor do calçado (APICCAPS) no Facebook.

Armando Silva Negócios economia negócios e finanças indústria transformadora
Ver comentários