Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Custo de cabaz alimentar de bens básicos aumentou 15%

Estimativa do Banco de Portugal no Boletim Económico esta quinta-feira divulgado.
Lusa 6 de Outubro de 2022 às 15:11
Cabaz alimentos
Cabaz alimentos FOTO: CMTV
O custo de um cabaz básico de bens alimentares subiu 15% entre outubro de 2021 e agosto deste ano, com alguns produtos a dispararem 20%, enquanto outros registaram variações negativas, estima o Banco de Portugal (BdP).

No Boletim Económico de outubro, divulgado esta quinta-feira, o BdP assinala que existe uma dispersão "muito significativa dos preços", com o custo dos cabazes compostos pelas variedades dos produtos com preços mais altos a ser cerca de duas vezes e meia superior ao dos cabazes compostos por variedades com os preços mais baixos.

De acordo com a análise do regulador, "entre outubro de 2021 e agosto de 2022 --- período em que existe disponibilidade dos preços --- o crescimento médio do custo do cabaz situou-se em torno de 15%, com preços de alguns produtos com variações superiores a 20% e outros com variações negativas".

BdP Banco de Portugal economia negócios e finanças bens de consumo
Ver comentários