Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Gigante chinês do imobiliário em risco de incumprimento

Evergrande acumula dívida de 260 mil milhões de euros e arrisca insolvência.
João Maltez e Lusa 23 de Setembro de 2021 às 09:16
Evergrande
Evergrande FOTO: Aly Song / Reuters
O gigante do setor imobiliário chinês Evergrande revelou esta quarta-feira que chegou a um acordo com os detentores de obrigações do grupo para evitar o incumprimento de uma das suas dívidas, que globalmente ascendem a 260 mil milhões de euros.

De acordo com a Lusa, em comunicado à Bolsa de Shenzhen, no Sul da China, o grupo avançou que uma das suas filiais, a empresa Hengda Real Estate, tinha negociado um plano de pagamento de juros sobre uma obrigação com vencimento em 2025.

Segundo a Bloomberg, o grupo chinês deverá reembolsar 232 milhões de yuan (30,5 milhões de euros) de uma dívida que vence hoje. Contudo, o gigante imobiliário continua em perigo, dado que o montante total da sua dívida ascende aos 260 mil milhões de euros. É que há outros reembolsos previstos para hoje e o grupo ainda não disse como planeia cumpri-los.

Os receios de um cenário como o do banco norte-americano Lehman Brothers, cuja falência desencadeou a crise financeira de 2008, estão a refletir-se no comportamento dos mercados mundiais. Todos os olhos estão postos no governo chinês, que não disse se pretende salvar o grupo privado.

Evergrande ALTICE economia negócios e finanças Informação sobre empresas imobiliário
Ver comentários