Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Governo prevê remuneração mínima mensal garantida de pelo menos 900 euros até 2026

Executivo quer aumento de 4,8% por salário “em cada ano” até final da legislatura.
Vítor Moita Cordeiro 29 de Setembro de 2022 às 01:30
Exclusivos
Governantes e dirigentes das confederações patronais e das centrais sindicais estiveram reunidos
Governantes e dirigentes das confederações patronais e das centrais sindicais estiveram reunidos FOTO: ANDRÉ KOSTERS/Lusa
O Governo propôs esta quarta-feira, numa reunião de Concertação Social, uma subida nas remunerações “por trabalhador de 4,8% em cada ano, em média”, até 2026, refere o Acordo de Rendimentos e Competitividade, ao qual o Correio da Manhã teve acesso.

Segundo o executivo, o objetivo apontado é o de convergir com a União Europeia (UE) em matéria de rendimentos, o que se consegue aumentando o “peso relativo das remunerações no PIB (Produto Interno Bruto) face ao valor pré-crise”, que era 45,3% em 2019.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
C-Studio