Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Portugal deve adotar política orçamental prudente quando possível, recomenda Bruxelas

Comissão europeia recomenda que se tomem "todas as medidas necessárias para abordar efetivamente a pandemia e aguentar a economia".
Lusa 20 de Maio de 2020 às 11:13
Dados foram avançados esta sexta-feira pela Comissão Europeia
Dados foram avançados esta sexta-feira pela Comissão Europeia FOTO: Reuters
A Comissão Europeia recomendou esta quarta-feira a Portugal que adote políticas orçamentais prudentes logo que as condições económicas o permitam, depois de tomar medidas para combater a pandemia de covid-19.

De acordo com uma recomendação especificamente dirigida a Portugal no âmbito das avaliações de primavera do Semestre Europeu, que avaliaram o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas, a Comissão Europeia instou Portugal a "prosseguir políticas orçamentais dirigidas a atingir posições orçamentais prudentes a médio prazo e a assegurar a sustentabilidade da dívida, fomentando o investimento".

Nas mesmas recomendações, e em linha com a cláusula que permite aos países, no âmbito do combate à pandemia, não respeitar as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, Portugal deve "tomar todas as medidas necessárias para abordar efetivamente a pandemia, aguentar a economia e apoiar a recuperação subsequente".

Bruxelas Portugal Comissão Europeia economia negócios e finanças política orçamento do estado e impostos
Ver comentários