Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Possibilidade de moratórias de crédito serem prorrogadas é muito escassa, alerta APB

Audição à Associação Portuguesa de Bancos foi requerida pelo PS no âmbito da discussão de um projeto do PCP que prevê o prolongamento por mais seis meses das moratória.
Lusa 20 de Abril de 2021 às 17:00
Faria de Oliveira é presidente da APB
Faria de Oliveira é presidente da APB FOTO: Pedro Elias
O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, afirmou esta terça-feira ser "muito escassa" a possibilidade de extensão das moratórias bancárias adiantando serem muito baixas as situações de incumprimento devido ao fim das moratórias privadas.

"Neste momento todas as indicações que temos é que não existe praticamente possibilidade nenhuma disso acontecer [extensão das moratórias ao abrigo das 'guidelines' da Autoridade Bancária Europeia]", referiu Faria de Oliveira durante uma audição na comissão de Orçamento e Finanças, salientando que tal possibilidade é mesmo "muito escassa".

Esta audição à APB foi requerida pelo PS no âmbito da discussão na especialidade de um projeto do PCP que prevê o prolongamento por mais seis meses das moratórias e para a extensão do prazo para adesão à moratória pública até 30 de abril.

Ver comentários