Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Setor do turismo sofreu queda com a pandemia da Covid-19

As limitações às viagens provocaram uma queda de mais de 50% no turismo em Portugal.
João Maltez 15 de Maio de 2021 às 10:37
Decréscimo 48,2% Corresponde à queda do 
Valor Acrescentado Bruto 
gerado pelo turismo em 2020.
Decréscimo 48,2% Corresponde à queda do 
Valor Acrescentado Bruto 
gerado pelo turismo em 2020. FOTO: André Guerreiro
A queda no setor do turismo reflete os “efeitos nocivos da pandemia”, apontou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), destacando as perdas “significativas” em 2020. O consumo no setor caiu 50,4%, para 16,3 milhões de euros, correspondendo a 8% do Produto Interno Bruto (PIB). No ano anterior, o contributo para o PIB chegou aos 15,3%, pelo que ocorreu, assim, uma descida de 5,4 pontos no contributo para a riqueza nacional.

O maior impacto na economia foi através do peso que os estrangeiros têm ao viajar para Portugal. O INE sublinha que se registou uma “redução sem precedentes”, caindo mais de 50% face ao ano anterior.

Os portugueses também viajaram menos para o exterior, acentuando-se uma quebra de 46,1% na importação do turismo, uma consequência das “limitações às viagens internacionais decorrentes da pandemia”. Desta forma, o INE realça uma descida menos intensa da despesa por parte dos residentes nacionais em turismo interno.

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, destacou esta sexta-feira no Fórum de Alto Nível sobre Sustentabilidade e Turismo, no Conselho Europeu, que o setor precisa de uma “abordagem e ações comuns” nos países da União Europeia para recuperar.

Ver comentários