Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
2

Aluna mandada para casa no primeiro dia de aulas por madeixas "pouco naturais"

Escola disse à jovem de 14 anos que não podia regressar até ter o cabelo mais natural.
Correio da Manhã 11 de Setembro de 2020 às 19:50
Aluna mandada para casa no primeiro dia de aulas por madeixas 'pouco naturais'
Aluna mandada para casa no primeiro dia de aulas por madeixas 'pouco naturais' FOTO: Getty Images
Uma estudante foi mandada para casa no primeiro dia de regreso às aulas devido às suas madeixas loiras que, segundo a escola, eram "pouco naturais" e "inapropriadas". 

Carina Murray, de 14 anos, foi com a mãe ao cabeleireiro e recebeu um novo visual, por 140 euros, ficando com o cabelo mais loiro no final das férias de verão. 

Pauline, mãe da jovem, afirma que a filha não está autorizada a regressar à escola - Ark Alexandra Academy em East Sussex, Reino Unido - até que tenha um cabelo mais natural. 

Carina mantém-se em casa e em faltado às aulas pois a família não concorda com a opinião da escola. 

"Tanto quanto eu sei, o loiro é uma cor natural", afirma a mãe da jovem que acusa a escola de descriminação.
Carina Murray política questões sociais autoridades locais