Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
9

Depois de Branson e Bezos é a vez de um brinquedo sexual: Empresa envia masturbador para o espaço em foguetão

Objetivo é estudar condições para fazer o estimulador sexual perfeito para ser usado em gravidade zero.
Correio da Manhã 24 de Julho de 2021 às 18:52
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço
Empresa vai enviar brinquedos sexuais para o espaço

Primeiro foram dois milionários, agora chega a vez de um brinquedo sexual. Após Richard Branson, patrão da Virgin, e Jeff Bezzos, fundador da Amazon, terem feito as primeiras viagens turísticas ao espaço, com as respetivas empresas, a Virgin Galactic e a Blue Origin, o gigante de brinquedos sexuais do Japão Tenga anunciou que vai lançar o seu próprio foguetão para o espaço.

O ‘Tenga Rocket’, que vai ser lançado em agosto, em Hokkaido, surge de uma parceria com a empresa Interstellar Tchnologies. O dispositivo, que vai levar um protótipo especial de um dos masturbadores da marca, vai atingir 100 km de altitude, mais do que atingiu Branson na sua aventura espacial.

O masturbador a bordo é modificado e conta com a mais avançada tecnologia. Está capacitado para recolher uma série de dados sobre a atmosfera e condições em gravidade zero, para que, no futuro, possa ser usado fora da Terra.

A recolha de dados será feita através de software e tecnologia, uma vez que foguetão não terá qualquer tripulação. Para além do masturbador tecnológico, vão no interior duas mascotes temáticas da empresa japonesa e cerca de mil mensagens enviadas por fãs da marca Tenga, que ajudaram a financiar o projeto (em mais de 13 mil euros).

"A sexualidade e as suas necessidades são uma parte inerente nossa e, por isso, aproveitámos a oportunidade, em conjunto com Takafumi Horie [fundador da Interstellar Technologies], para darmos o nosso primeiro passo no desenvolvimento de um produto desenhado especificamente para ser utilizado no espaço", disse Koichi Matsumoto, CEO da Tenga, à IFLScience.

A empresa espera que o produto seja depois incorporado em missões espaciais da NASA, organismo que garante que nunca nenhum ser humano manteve relações sexuais no espaço.