Barra Cofina

Correio da Manhã

Insólitos
3

Ilusão de ótica viral permite observar "azul nunca antes visto"

Especialistas explicam que imagem residual resulta da estimulação das células que respondem a determinadas cores.
Correio da Manhã 14 de Abril de 2021 às 13:47
A carregar o vídeo ...
Ilusão de ótica viral permite observar "azul nunca antes visto"

Uma ilusão de ótica está a tornar-se viral na Internet por, segundo os internautas, permitir ver um tom de azul-cião (também conhecido como ‘azul verdadeiro’) "nunca antes visto".

Para poder observar esta cor, é necessário olhar para a imagem do vídeo divulgado, que mostra uma pequena pinta branca dentro de um círculo vermelho, com um fundo azul, durante pelo menos 30 segundos.

Após fechar os olhos e abri-los novamente, é possível observar o tom ‘azul-cião verdadeiro’ em torno do círculo vermelho e a cor ‘permanece’ no campo de visão durante algum tempo, como uma bola azul.

Esta ilusão, explicam os especialistas, resulta em que as pessoas possam ver uma cor que não é possível ser reproduzida em ecrãs de TV, computadores ou telemóveis. O método, adiantam oftalmologistas, prende-se com o assoberbar das células nervosas do olho que descodificam a cor vermelha. Ao serem extremamente estimuladas, no abrir e fechar de olhos, acabam por mostrar uma imagem residual no tal tom de azul nunca antes visto.

Ajay Kuriyan, oftalmologista, relata ao IFLScience que "ao olharmos fixamente para uma cor durante algum tempo, as células que respondem a essa cor ficam em refração durante um curto período de tempo e, por isso, outras células que respondem a cores diferentes ficam mais estimuladas".

"É este o princípio que explica a imagem residual, nesta caso no tom azul-cião", termina o especialista.

Internet ciência e tecnologia ilusão ótica azul azul-cião oftalmologia