Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
7

Inês de Sousa Real aguarda "com serenidade", confiante em "mais eleitos"

Líder do PAN acrescentou também que está a acompanhar a noite eleitoral "com muita tranquilidade".
Lusa 27 de Setembro de 2021 às 00:36
Inês de Sousa Real, líder do PAN, a votar
Inês de Sousa Real, líder do PAN, a votar FOTO: João Relvas/LUSA
A porta-voz do PAN, Inês de Sousa Real, mostrou-se no domingo esperançosa em ter "mais eleitos" nas eleições autárquicas, dizendo que o partido aguarda "com serenidade e confiança", numa noite que "vai ser muito longa".

Na primeira reação da noite aos dados já conhecidos das eleições autárquicas deste domingo, que até ao momento apenas dão a eleição de dois deputados municipais ao PAN, Inês de Sousa Real subiu ao púlpito na Biblioteca dos Corichéus, em Lisboa, para dizer que a noite ainda é "uma criança".

"Vamos aguardar porque hoje vai ser uma noite muito longa, vamos aguardar o apuramento dos restantes votos, com serenidade e confiança no trabalho que fizemos, mas acima de tudo no trabalho que acredito e acreditamos todos que continuaremos a fazer. Força PAN!", declarou a líder.

Questionada sobre se mantém a confiança em eleger mais deputados municipais ou até um vereador, o grande objetivo da noite eleitoral do PAN, a porta-voz respondeu: "Evidentemente que sim".

Naquelas que são as primeiras eleições com Inês Sousa Real à frente do PAN, a líder acrescentou que está a acompanhar a noite eleitoral "com muita tranquilidade", certa de que "o PAN é a única alternativa no atual panorama político nacional, o único partido que defende de forma integrada os direitos humanos e sociais, que luta também pelos direitos dos animais e pela preservação da natureza" e o único que assume a necessidade "de um planeta mais vivo, custe a quem custar".

"E mesmo que não tenhamos, muitas das vezes, do nosso lado, outras forças políticas, continuaremos sempre a enfrentar os interesses que até aqui têm estado instalados e não esquecer que o poder local tem e terá sempre uma palavra a dizer naquilo que é a preservação das nossas cidades, tornando as cidades protetoras da Terra", advogou.

Sobre se prevê uma má noite para o partido, que em 2017 elegeu 27 deputados municipais e seis em assembleias de freguesia, Inês Sousa Real respondeu que "ainda é cedo para qualquer tipo de conclusão, tendo em conta não só o apuramento nas áreas metropolitanas e também onde o PAN apresentou candidaturas que ainda se encontra por realizar".

"Seja qual for o resultado, o PAN tem a plena consciência que não deixará de trabalhar com e para as pessoas em prol das causas que acredita e que defende", vincou.

Inês de Sousa Real Inês de Sousa Real PAN política partidos e movimentos eleições
Ver comentários