Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais

Ricardo Rio quer Braga a liderar nas políticas de sustentabilidade

Parque ecomonumenal das Sete Fontes e a ETAR de Frossos são algumas das bandeiras do candidato do PSD.
Lusa 23 de Setembro de 2021 às 15:43
Ricardo Rio
Ricardo Rio FOTO: Paulo Duarte
O candidato da coligação PSD/CDS-PP/PPM/Aliança à Câmara de Braga Ricardo Rio afirmou esta quinta-feira que quer um concelho "liderante" nas políticas de sustentabilidade, apontando como algumas bandeiras o parque ecomonumenal das Sete Fontes e a ETAR de Frossos.

Em declarações à Lusa à margem de uma ação de campanha para as autárquicas de domingo, Ricardo Rio, que lidera o município desde 2013, destacou ainda a valorização do Parque Central de Braga (Picoto, Camélias, Parque da Ponte e envolvente do Estádio 1.º de Maio) como outro exemplo na "forte aposta verde" da sua candidatura.

"Não estamos a falar apenas em compromissos políticos, mas em projetos muito concretos que já estão a ser implementados no terreno", referiu, sublinhando que esta é "uma imagem distintiva" da sua candidatura em relação às demais.

Puxando pelos galões, Rio lembrou que este ano, a exemplo do anterior, Braga foi distinguido com a bandeira verde, atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa, tendo ficado em terceiro lugar a nível nacional.

Além disso, acrescentou que Braga foi selecionada pelo "Carbon Disclosure Projet" como uma das 80 cidades a nível mundial "que mais progrediu do ponto de vista da adaptação às alterações climáticas.

"Queremos nos próximos anos fortalecer este caminho e esta posição do ponto de vista dos espaços verdes, com projetos emblemáticos, como o caso do parque ecomonumental das Sete Fontes, que vai ser agora uma realidade em pleno", referiu.

Destacou ainda o "parque central", um conjunto de 60 hectares que liga o parque do Picoto, o parque da Ponte, o 1.º de maio e o parque das Camélias.

A requalificação das praias fluviais do Cavadinho e de Navarra, para completar uma rede de "praias fluviais de excelência", é outra das apostas da candidatura de Ricardo Rio.

O candidato destaca, no entanto, a construção da nova estação de tratamento de águas residuais (ETAR) de Frossos, que "vai resolver um problema estrutural de décadas que vinha ameaçando a qualidade de vida das populações envolventes ao rio Torto e à ribeira de Panoias".

A valorização da zona envolvente do rio Este é outra prioridade de Ricardo Rio, designadamente com o prolongamento da ecovia até ao parque de Celeirós.

"Queremos que aquilo que é hoje uma ligação mais urbana se estenda ao longo das margens do rio, criando novas zonas de lazer e fruição da natureza", vincou.

Paralelamente, o concelho de Braga vai também beneficiar da ecovia do Cávado, um projeto supramunicipal que ligará Terras de Bouro a Esposende.

Nas eleições de domingo, os cabeças de lista à Câmara de Braga são Ricardo Rio (coligação PSD/CDS-PP/PPM/Aliança), Hugo Pires (PS), Bárbara Barros (CDU), Alexandra Vieira (Bloco de Esquerda), Teresa Mota (Livre), Olga Baptista (Iniciativa Liberal), Rafael Pinto (PAN) e Eugénia Santos (Chega).

Câmara de Braga Ricardo Rio Ricardo Rio Parque Central de Braga PSD CDS-PP PPM Aliança
Ver comentários