Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
9

Guterres avisa Rússia que anexação "não terá valor jurídico e merece ser condenada"

Declarações feitas depois do Kremlin anunciar cerimónia amanhã, sexta-feira, em Moscovo.
Lusa 29 de Setembro de 2022 às 17:22
António Guterres
António Guterres FOTO: AMR ALFIKY/reuters
O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, alertou esta quinta-feira a Rússia que a anexação de territórios ucranianos "não terá valor jurídico e merece ser condenada", frisando que "não pode ser conciliada com o quadro jurídico internacional".

Numa breve declaração à imprensa, na sede da ONU em Nova Iorque, Guterres posicionou-se contra a intenção de Moscovo de iniciar um processo de anexação, reforçando que se trata de uma violação clara dos princípios das Nações Unidas.

"O Kremlin anunciou que terá lugar amanhã [sexta-feira] uma cerimónia em Moscovo que lançará um processo de anexação das regiões ucranianas de Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporijia. Neste momento de perigo, devo enfatizar o meu dever como secretário-geral de defender a Carta das Nações Unidas", disse.

Ver comentários