Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais

Putin pode ser derrubado por três aliados caso a invasão russa da Ucrânia seja um fracasso

Substituto mais provável é o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, que teve um papel muito visível no conflito.
Correio da Manhã 26 de Junho de 2022 às 09:15
Vladimir Putin
Vladimir Putin

O ex-diretor da CIA em Moscovo, Daniel Hoffman, afirmou que o presidente russo Vladimir Putin pode ser derrubado secretamente por três aliados se a invasão da Rússia à Ucrânia se mover para sul.

No topo da lista está Nikolai Patrushev, presidente do Conselho de Segurança de Putin. De seguida está Alexander Bortnikov, diretor da agência de inteligência secreta russa FSB. No entanto, o substituto mais provável será o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, um aliado central do presidente russo que teve um papel muito visível na invasão russa.

De acordo com o ex-CIA, citado pelo The Daily Beast, "essas pessoas estão a planear tudo em segredo para que Putin não descubra e os mate". "Quando acontecer vai ser de repente, e ele vai morrer", salientou.

O objetivo dos membros do seu círculo íntimo é mudar o rumo do conflito e assumir o controlo da guerra. 

Outro ex-agente da CIA, Ronald Marks, concorda que a Rússia pode ter um novo líder e que Moscovo terá uma grande luta pelo poder caso Putin seja derrubado.

Ex-agências de inteligência revelaram ainda que Putin estava seguro de que a Rússia vai sair vitoriosa da guerra na Ucrânia.

A agência de inteligência ucraniana também acredita que Putin pode ser derrubado, uma vez que quem parece comandar o exército russo é Alexander Boltnikov, um dos possíveis sucessores. 

Putin Daniel Hoffman Rússia CIA eleições guerra sucessores ucrânia
Ver comentários
}