Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
8

Refugiada ucraniana "de coração partido" após separação com homem que a acolheu em Inglaterra

Sofiia, que sonhava em ter filhos com Tony, conta que o homem não a permitiu ir para a casa que tinham em conjunto nem a deixou falar com ele depois de duas tentativas. 
Correio da Manhã 28 de Setembro de 2022 às 12:11
Sofiia Karkadym
Sofiia Karkadym FOTO: Direitos Reservados/Twitter
O homem que abandonou a mulher e os dois filhos para ficar com uma refugiada ucraniana, deixou agora Sofiia na rua, deixando-a "de coração partido".

"Estou perdida. Estou com o coração partido e ainda tenho sentimentos por Tony", disse a refugiada ucraniana em entrevista ao  Daily Mail, acrescentando que não tem ninguém em Inglaterra. "Estou em casa e sem dinheiro, e não tenho amigos", explicou Sofiia.

A refugiada, que sonhava em ter filhos com Tony, conta que o homem não a permitiu ir para a casa que tinham em conjunto nem a deixou falar com ele depois de duas tentativas. "Ele terminou comigo por mensagens e e não se importa de onde estou ou se estou segura".

A separaração de Tony Ganett e Sofiia Karkadym, aconteceu depois que uma discussão entre eles. Tony disse que viu Sofiia a "espetar uma faca na parede da cozinha várias vezes enquanto estava bêbeda".

Sofiia admitiu que colocou uma faca na parede de Tony porque estava chateada com uma discussão entre eles, mas contou que ninguém estava presente nesse momento. "Eu nunca magooei o Tony nem nunca o ataquei. Fiquei muito chateada com algumas coisas sobre a ex-mulher, Lorna, e os filhos", salientou a ucraniana.

A mulher disse que está hospedada num "lugar nojento" em Bradford, Inglaterra, onde viviam, desde a separação, onde a polícia a colocou.

Tony Ganett, de 29 anos, vivia em Bradford, no Reino Unido, com a mulher Lorona, de 28. O casal decidiu ajudar alguém que estivesse a fugir ao horror da guerra na Ucrânia. Sofiia Karkadym, de 22 anos, tinha saído da cidade de Lviv no inicio da invasão russa ao país e foi acolhida pela família. 
Sofiia Karkadym Tony Ganett Inglaterra crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários