Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
2

Tribunal russo confirma que 115 soldados recusaram combater

Caso parece ser o primeiro oficialmente confirmado de soldados russos que se recusam a participar na campanha militar.
Lusa 26 de Maio de 2022 às 19:48
Guerra na Ucrânia
Guerra na Ucrânia FOTO: Reuters
Um tribunal militar russo na região de Kabardino-Balkaria (sul) confirmou a exoneração de 115 soldados do Exército por se recusarem a participar da ofensiva na Ucrânia.

Este caso parece ser o primeiro oficialmente confirmado de soldados russos que se recusam a participar na campanha militar lançada pela Rússia na Ucrânia, em 24 de fevereiro.

O tribunal militar russo confirmou - de acordo com um comunicado de imprensa divulgado na quarta-feira - que os militares "se recusaram, arbitrariamente, a cumprir uma missão oficial", rejeitando o seu recurso interposto neste processo.

Kabardino-Balkaria Ucrânia política defesa
Ver comentários
}