Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
5

Jerónimo critica "direita maquilhada", mas sem "meias-medidas" para fazer cortes

Comunista considerou que a direita "sempre contribuiu" para agravar os problemas do país.
Lusa 26 de Janeiro de 2022 às 20:49
Jerónimo de Sousa
Jerónimo de Sousa FOTO: Lusa
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou esta quarta-feira que existe uma "direita maquilhada, a querer mostrar moderação", mas que "não está com meias-medidas" na altura de aplicar os cortes de que os portugueses ainda se lembram.

"Esta campanha tem mostrado uma direita apostada em esconder as suas verdadeiras intenções. É uma direita maquilhada, a querer mostrar moderação, equilíbrio e simpatia. Uma direita que quer capitalizar o descontentamento com os problemas que a sua própria opção [criou] e o Governo do PS não quis enfrentar e resolver", disse o dirigente comunista, durante um comício em Évora.

Com "novas ou velhas roupagens", sustentou o membro do Comité Central, a direita "sempre contribuiu" para agravar os problemas do país, por isso, Jerónimo de Sousa pediu aos portugueses para que "não se deixem enganar".

Jerónimo de Sousa política partidos e movimentos legislativas
Ver comentários