Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
3

Filipe Gaivão: "A entrada na segunda semana de viagem não podia ter corrido melhor"

Ciclista partiu numa viagem solidária de bicicleta que visa "dar maior visibilidade às pessoas que sofrem de esclerose múltipla".
Correio da Manhã 17 de Julho de 2019 às 21:18
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
8º dia de Filipe Gaivão na viagem solidária de bicicleta
Filipe Gaivão, de 57 anos, partiu na passada quarta-feira, dia 10, de Bruxelas rumo a Lisboa, numa viagem solidária de bicicleta que visa "dar maior visibilidade às pessoas que sofrem de esclerose múltipla".

"A entrada na segunda semana de viagem não podia ter corrido melhor.

Os conselhos sábios da @Mr.Phone fez com que deixasse de ter problemas de comunicação e baterias.

A persistência fez com que o joelho desistisse de doer e portanto hoje foi favas contadas. Bonitas paisagens. Comecei nas vinhas e girassóis, passei por bosques de montanha, circulei junto do Porto de Bordéus cuja cidade atravessei e recomendo vivamente e terminei em bosques calmos.

Rolei sempre a bom ritmo e mesmo quando o vento me passou a perna e passou a soprar de frente não me desmoralizou e acabou por baixar de intensidade passando a uma brisa refrescante.

Foi tudo tão agradável que a única coisa menos boa foram as retas intermináveis do final da etapa que, para quem está habituado a andar de bicicleta entende que o tempo não passa. Não há "só ali até aquela curva...", mas que mesmo assim só refiro para contrapeso de tanta coisa boa ou muito boa.

Só desejo que continue assim até Lisboa, que a temperatura se mantenha, que o vento continue pela retaguarda, que continue em segurança e que os amigos continuem a contribuir para o objectivo de angariar 1 euro por quilómetro para a SPEM".
Ver comentários