Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais
3

Filipe Gaivão: "Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28"

Ciclista partiu no dia 10 de julho de Bruxelas rumo a Lisboa, numa viagem solidária de bicicleta.
Correio da Manhã 24 de Julho de 2019 às 20:46
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'
Filipe Gaivão: 'Já estamos em Portugal e preparados para chegar a Lisboa dia 28'

Filipe Gaivão, de 57 anos, saiu de Bruxelas no passado dia 10 de julho rumo a Lisboa, numa viagem solidária de bicicleta que visa "dar maior visibilidade às pessoas que sofrem de esclerose múltipla".

"Ontem conheci um anjo. Depois de escrever a etapa de ontem, encontrei-me com Ana Hidalgo da ASDEM que me levou a conhecer a Vivienda Los Olivos que se destina a acolher pessoas afectadas com Esclerose Múltipla e que não tem condições para viver sozinhas", começa por contar Gaivão.

"O que mais me impressionou foi a pessoa que me mostrou tudo é uma das pioneiras deste projecto. Tendo as suas razões é detentora de um entusiasmo contagiante, de uma grande simplicidade e de um coração do tamanho do mundo. Por favor Ana, mostre ao mundo o que fizeram em Salamanca para que se copiem as práticas perfeitas", acrescenta.

Relativamente à viagem, "hoje o dia tinha tudo para correr bem, mas não correu. Já tinha os meus amigos, Nuno Santos, Marco Assunção, Pedro Fiadeiro e Alexandra Bartolomeu para me acompanharem, mas logo à saída dois furos e um pneu rebentado obrigaram a atrasar a nossa partida para as 10h00. Depois mais uma série de percalços físicos e técnicos levaram a que entrássemos nos domínios horários do calor e do vento frontal atrasando ainda mais". Apesar de tudo, o português cruzou esta quarta-feira a fronteira e já se encontra em território português. 

"Obrigado especial ao Marco que me ajudou muito naquele momento e aos restantes amigos pela paciência comigo quando rebento", concluiu o português em viagem solidária de bicicleta.

Ver comentários