Barra Cofina

Correio da Manhã

Eu Repórter CM
8

Urbanização do Moinho, em Évora, tem falta de espaços verdes

A Urbanização do Moinho, em Évora, continua, dois anos depois de concluída, sem um único espaço verde. As estradas e os parques de estacionamento foram alcatroados, mas esqueceram-se de plantar árvores!
9 de Janeiro de 2006 às 00:00
Urbanização do Moinho, em Évora, tem falta de espaços verdes
Urbanização do Moinho, em Évora, tem falta de espaços verdes
Os moradores continuam sem saber se vai ser feita alguma coisa no sentido de resolver este problema. Até porque Évora é uma cidade onde não abundam os espaços verdes. Este bairro tem mais de 300 fogos, mas não existe uma única árvore para amostra! Aqui moram muitos casais jovens, com crianças, mas também não existe um espaço apropriado para estas brincarem. Será esta a qualidade de vida a que demos direito quando comprámos as nossas casas?
Manuel Silva, Évora
Resposta
A urbanização é da responsabilidade de três cooperativas: Boa Vontade, Geraldo Sem Pavor e HabitÉvora. Informamos que há um projecto para arborização que foi aprovado pela Câmara de Évora. Esse projecto contempla a plantação de mais de mil árvores e 60 espécies de arbustos, espaços relvados, jardins, lagos, fontes e bancos. Esperamos que em meados do corrente ano a arborização esteja concluída. Entretanto, existe outra zona com 64 fogos (responsabilidade de privados), que não estão concluídos. Quando tudo estiver concluído também essa zona será arborizada.
Manuel Louro, Cooperativa Boa Vontade
Ver comentários