Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
Saber mais sobre Editorial Caminho
00:30 | 20/03
Blog

Blog

Visitei a Beira pela primeira vez nos anos de repouso a seguir à guerra civil moçambicana, nos anos noventa.
21:31 | 29/01
Porto vai editar Saramago e publicar inédito antes do verão

Porto vai editar Saramago e publicar inédito antes do verão

<p align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0cm 0cm 10pt">O romance inédito de José Saramago ‘Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas' será editado "antes do verão", pela Porto Editora (PE), que passa a publicar as obras do Nobel da Literatura.
18:11 | 22/01
Saramago sai da Caminho 35 anos depois

Saramago sai da Caminho 35 anos depois

<p align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0cm 0cm 10pt">A Editorial Caminho não chegou a acordo com as herdeiras de José Saramago, para continuar a publicar a obra do Nobel da Literatura, e a família procura agora nova editora.
18:00 | 04/11
Ondjaki tem novo livro

Ondjaki tem novo livro

<p align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0cm 0cm 10pt">A Editorial Caminho vai publicar o novo livro do escritor angolano Ondjaki, intitulado ‘Uma Escuridão Bonita', com ilustrações de António Jorge Gonçalves.
17:13 | 30/10
Ana Maria Magalhães publica autobiografia

Ana Maria Magalhães publica autobiografia

A escritora Ana Maria Magalhães, conhecida sobretudo pelos livros que escreveu para crianças e jovens, lança este mês a autobiografia ‘Tudo tem o seu tempo’, anunciou a Editorial Caminho.
09:37 | 27/08
Novo livro de Mário de Carvalho sai em Setembro

Novo livro de Mário de Carvalho sai em Setembro

O novo livro de Mário de Carvalho, "O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel" é editado em Setembro e marca a entrada escritor no grupo Porto Editora que editará toda a sua obra a partir do próximo ano.
01:00 | 21/10
Família contraria vontade de Nobel

Família contraria vontade de Nobel

"Já não é o momento, já passaram muitos anos." Em vida, José Saramago nunca quis ver publicada a obra ‘Claraboia’, mas o inédito, escrito há 58 anos, chegou agora às livrarias. Apesar de sempre ter negado a divulgação, o Nobel da Literatura português deixou em branco o destino do romance depois da sua morte. Os direitos de autor vão reverter para os herdeiros do escritor, falecido em 2010: a sua viúva, Pilar del Rio, presidente da Fundação Saramago, e a única filha, Violante Saramago Matos.<br/><br/>
Ver + notícias
Mais notícias