Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
7
Saber mais sobre Hélder Bianchi
01:00 | 18/10
Muda de versão após ser coagido

Muda de versão após ser coagido

A testemunha que reconheceu Hélder ‘Bianchi’, um dos arguidos no processo do ‘gang de Valbom’, a conduzir um carro utilizado num assalto a um ourives em Mira, terá mudado de versão depois de ser coagida. A informação foi avançada, ontem, por uma inspectora da Polícia Judiciária, no Tribunal de São João Novo, no Porto.<br/><br/>
01:00 | 27/09
Testemunha diz ter sido pressionada para acusar

Testemunha diz ter sido pressionada para acusar

Uma das testemunhas chamadas ontem a depor no julgamento do gang de Valbom, no Tribunal de S. João Novo, no Porto, afirmou perante os juízes que foi "pressionada" quando fez o reconhecimento de Hélder Bianchi nas instalações da PJ.
01:00 | 21/04

Gang de Valbom volta a tribunal

Onze homens, seis dos quais já em prisão preventiva, estão acusados de realizar dezenas de roubos e carjackings violentos em locais como Paredes, Lousada, Penafiel, Maia ou Gondomar. Entre os acusados estão Hélder Bianchi, Daniel ‘Cubilhas’, Bruno ‘Chinês’ e Tiago ‘Chibanga’, que integravam o gang de Valbom.
00:30 | 27/05
Prisão de assaltantes diminuiu violência

Prisão de assaltantes diminuiu violência

Assaltos a ourivesarias à mão armada, homicídio tentado, carjackings, sequestro, furto, tráfico de armas, tráfico de estupefacientes, falsificação de documentos, receptação e associação criminosa. São alguns dos mais de 20 crimes praticados pelo gang de Valbom até Setembro de 2o08, quando foram presos na operação ‘Charlie’ da Polícia Judiciária do Porto. Os quinze elementos do gang estão a ser julgados no Tribunal de S. João Novo e conhecem a sentença a 2 de Julho.
00:30 | 24/04
‘Bianchi’ na cadeia (COM VÍDEO)

‘Bianchi’ na cadeia (COM VÍDEO)

Ainda dormia quando a PJ chegou à porta da sua casa, no bairro da Giesta, em Valbom. Hélder ‘Bianchi’, líder de um dos gangs mais violentos do Grande Porto e suspeito de envolvimento num assalto em que foi baleado um investigador da PJ do Porto, saiu a meio da manhã de ontem do apartamento e, quando se dirigia para o café, foi detido.
Mais notícias