Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
1
Saber mais sobre Paulo Morais
00:30 | 24/07
A lei dos safardanas

A lei dos safardanas

O ministério público torna-se cúmplice deste esquema ignóbil, a partir do qual dirigentes do CJP traficam a nossa nacionalidade.
00:30 | 17/07
PRR que nasce torto…

PRR que nasce torto…

O Tribunal de Contas, num primeiro relatório, já se queixava que não tinha acesso sequer a um por cento dos contratos celebrados.
00:30 | 26/06
O papel, que papel!

O papel, que papel!

Para este tipo de órgãos são por regra nomeados aqueles que garantidamente não perturbarão um sistema.
00:30 | 19/06
Com lei, sem roque

Com lei, sem roque

A Entidade para a Transparência é de facto ET, de extraterrestre, sem vida pelo menos neste planeta.
00:30 | 05/06
Proteger quem denuncia

Proteger quem denuncia

Em Portugal, de lés a lés, quem ousa colocar o dedo nas muitas feridas da administração pública é segregado.
00:30 | 29/05
Gozar com a nossa cara

Gozar com a nossa cara

Não devolvem à sociedade o que dela desviaram através de esquemas de corrupçã. E, no fim de tudo, gozam com a nossa cara.
00:30 | 22/05
O PCP não é patriótico

O PCP não é patriótico

Quando Jerónimo de Sousa tolera a invasão da Ucrânia pelas tropas de Moscovo não o faz por convicção, mas por devoção.
00:30 | 08/05
Tempos difíceis

Tempos difíceis

Primeira vaga de inflação – que muitos querem desculpar com a guerra na Ucrânia – resulta directamente da pandemia.
00:30 | 01/05
Populismo, filho de corrupção

Populismo, filho de corrupção

Se os partidos tradicionais não combatem a corrupção, estão a municiar os populistas com votos que os capacitarão para destruir a democracia.
00:30 | 24/04
Os logros do Orçamento

Os logros do Orçamento

O Orçamento do Estado para 2022 contempla 12440 milhões de “despesas excepcionais”, montante idêntico ao que se gasta em Saúde.
00:30 | 17/04
Frustrações de Abril

Frustrações de Abril

A primeira das maleitas deste regime é o colossal desvio de recursos do povo para os grandes grupos económicos.
00:30 | 03/04
Angola faliu o BES

Angola faliu o BES

O valor do conjunto de empréstimos não pagos por altos dirigentes colocou em risco o BESA e o próprio BES, que detinha 56% do banco angolano.
Ver + notícias
Mais notícias
}