Barra Cofina

Correio da Manhã

Mais Sobre
1
Saber mais sobre Rua Dos Caldeireiros
00:30 | 23/03
Prédio histórico em risco de cair

Prédio histórico em risco de cair

A possível derrocada de um prédio histórico na rua dos Caldeireiros, no centro do Porto, assustou ontem os moradores. Parte da fachada caiu, atingindo um automóvel, e tiveram de ser retirados do local uma mulher, de 62 anos, e o filho. O edifício já estava sinalizado como sendo de risco e ia ser demolido na próxima semana.<br/><br/>
00:30 | 19/11
Bombeiros profissionais acusam Câmara

Bombeiros profissionais acusam Câmara

O presidente da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, acusou ontem o vereador dos recursos humanos da Câmara do Porto de "prepotência" e de ignorar "a insegurança que há na cidade".
00:30 | 17/11
Porto histórico está em risco de ruína

Porto histórico está em risco de ruína

As escadas íngremes denunciam uma habitação antiga. A madeira está podre, os degraus cedem a cada passada. Na rua, um vizinho pede que não subam várias pessoas ao mesmo tempo. A casa está a cair, mas continua a haver inquilinos. "Menos do que antigamente", contam os moradores, que garantem que, ainda assim, moram ali quatro famílias. Há crianças e idosos acamados que todos os dias desafiam a morte. Estamos na rua dos Caldeireiros, no centro histórico do Porto, num prédio quase contíguo ao que ardeu no passado sábado e cuja ruína matou um bombeiro.
00:30 | 16/11
“Sempre quis zelar pelas nossas vidas”

“Sempre quis zelar pelas nossas vidas”

"Graças ao trabalho dele podíamos dormir tranquilos. Sempre quis zelar pelas nossas vidas. Despediu-se no sábado da vida que escolheu e amava. Despediu-se também dos socorros, das sirenes, da agitação e dos colegas. Resta-nos recordá-lo como um homem que sempre cumpriu a missão."
00:30 | 15/11
“O sonho dele era ser bombeiro”

“O sonho dele era ser bombeiro”

A bandeira a meia-haste no quartel do Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto assinalava ontem o luto no coração de todos os colegas do chefe Joaquim Correia, que morreu no combate ao incêndio no centro histórico da cidade, anteontem à noite. O bombeiro foi a única vítima do fogo na rua dos Caldeireiros.
00:06 | 14/11
Bombeiro morre em incêndio

Bombeiro morre em incêndio

Um bombeiro sapador, de 52 anos, morreu num incêndio de grandes proporções que deflagrou ontem à noite, pelas 22h30, na rua dos Caldeireiros, na Sé do Porto. A vítima mortal, Joaquim Correia, chefe do comando dos bombeiros, tinha 28 anos de serviço. Deixa mulher e filhos.
00:30 | 01/11
Hospedaria despeja  homens doentes

Hospedaria despeja homens doentes

A dona da hospedaria Porto onde viviam três homens fechou ontem as portas, após os vizinhos terem denunciado ao CM o estado de degradação e a falta de higiene do espaço. <br/><br/>
Ver + notícias
Mais notícias