Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Abdulrazak Gurnah pede à Europa que mude a visão sobre os refugiados de África

Escritor tanzaniano foi esta quinta-feira distinguido com o Prémio Nobel da Literatura.
Lusa 7 de Outubro de 2021 às 15:50
Abdulrazak Gurnah
Abdulrazak Gurnah FOTO: Getty Images
O escritor tanzaniano Abdulrazak Gurnah, esta quinta-feira distinguido com o Prémio Nobel da Literatura, apelou à Europa para mudar a sua visão sobre os refugiados de África e a crise migratória.

"Muitas destas pessoas que vêm, vêm por necessidade, e também, francamente, porque têm algo para dar. Não vêm de mãos vazias", disse o escritor, em entrevista à Fundação Nobel, sublinhando que são "pessoas talentosas e enérgicas".

Se a Academia o coloca na tradição literária em língua inglesa sob o patrocínio de Shakespeare e V.S. Naipaul, "deve ser sublinhado que ele rompe conscientemente com a convenção, derrubando a perspetiva colonial para enfatizar a das populações locais", de acordo com o júri do Nobel.

Abdulrazak Gurnah Europa África Fundação Nobel migrações política refugiados
Ver comentários