Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

África será das regiões mais afetadas pela escassez de seringas, revela OMS

Alguns países já sofreram alguns atrasos nos seus abastecimentos.
Lusa 28 de Outubro de 2021 às 14:36
Seringa
Seringa FOTO: Getty Images
África enfrenta uma "ameaça" emergente de uma "crise" devido a uma escassez global de seringas descartáveis, incluindo as utilizadas na vacina contra a covid-19, advertiu esta quinta-feira a diretora regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o continente africano.

"A ameaça de uma crise de matérias-primas de vacinação paira sobre o continente. No início do próximo ano, as vacinas covid-19 começarão a circular pelo continente, mas a escassez de seringas poderá empatar o progresso", disse Matshidiso Moeti, durante uma conferência de imprensa virtual sobre a evolução da pandemia no continente.

Embora ainda não haja carências, alguns países em África, como o Quénia, Ruanda e África do Sul, já sofreram alguns atrasos nos seus abastecimentos, adiantou.

África do Sul OMS Organização Mundial de Saúde saúde doenças distúrbios guerras e conflitos crises
Ver comentários