Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Associações denunciam morte de cinco doentes angolanos em Portugal que perderam apoio do Estado angolano

Denúncia feita numa carta aberta ao Presidente de Angola, pela organização Vozes de Angola na Europa.
Lusa 3 de Agosto de 2021 às 14:47
João Lourenço, presidente da República de Angola
João Lourenço, presidente da República de Angola FOTO: Lusa
Representantes dos doentes de Angola em Portugal estão preocupados com a situação dos que perderam o apoio do Estado angolano e afirmam que as condições precárias em que vivem já contribuíram para a morte de pelo menos cinco cidadãos.

Numa carta aberta ao Presidente de Angola, a organização Vozes de Angola na Europa escreve que já se registaram "cinco mortos em menos de quatro meses", desde que "os doentes de junta médica em Portugal foram abandonados e deixados em condições precárias e vulneráveis pelo Governo Angolano".

A associação refere na missiva a Joao Lourenço que na origem das mortes está o cancelamento dos subsídios que recebiam do Estado angolano para estarem em Portugal a fazer tratamentos de saúde.

Portugal Estado Angola crime lei e justiça política questões sociais demografia diplomacia emigrantes
Ver comentários