Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Autoridades moçambicanas queimaram 751 quilos de metanfetamina

Carga tinha como destino Maputo.
Lusa 7 de Outubro de 2022 às 21:12
Metanfetamina
Metanfetamina FOTO: Getty Images
As autoridades moçambicanas incineraram esta sexta-feira 751 quilos de metanfetamina apreendida na segunda-feira no centro do país, anunciou Alfeu Sitoe, porta-voz do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) na cidade da Beira.

A droga estava guardada em 16 sacos num veículo de transporte coletivo e foi apreendida durante uma operação Stop no distrito de Gorongosa.

A carga tinha origem em Namacurra, província de Nampula, com destino a Maputo.

"Apelamos para que [os transportadores] tenham maior controlo sobre os produtos que carregam, sob pena de estarem a transportar este tipo de substância, o que constitui um crime", disse Alfeu Sitoe.

A polícia deteve o suposto proprietário da mercadoria, o cobrador e o motorista da viatura, suspeitos de tráfico de droga.

Segundo as autoridades, é a segunda vez que o mesmo grupo é detido, depois de já terem sido intercetados na posse de 30 quilos de 'cannabis' e 10 quilos de heroína, drogas que eram vendidas a adolescentes e jovens nas imediações de um estabelecimento de ensino da região.

Organizações internacionais colocam Moçambique no caminho de diversas rotas de tráfico de droga, sobretudo com origem na Ásia e atravessando o oceano Índico.

Alfeu Sitoe Serviço Nacional de Investigação Criminal Sernic Beira crime lei e justiça
Ver comentários