Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

"Bita" prevê fornecer água a 3,8 milhões de habitantes em Luanda até 2026

Projeto representa um sistema de abastecimento de água integrado, composto por captação, tratamento, adução e distribuição.
Lusa 7 de Outubro de 2022 às 23:52
Água Angola
Água Angola FOTO: Getty Images
O Governo angolano lançou esta sexta-feira a primeira pedra da obra de construção do projeto Bita - Sistema IV para fornecimento de água a 3,8 milhões de habitantes em Luanda até outubro de 2026, informou o Ministério de Energia e Águas.

Um comunicado do ministério revelou que a execução do projeto visa melhorar o abastecimento de água à zona sul e sudeste de Luanda, sendo que, numa primeira fase, fornecerá 259.200 metros cúbicos por dia de produção nominal e cem mil metros cúbicos de armazenamento, em 66 quilómetros de condutas adutoras, 3.700 quilómetros de rede de distribuição e 170.000 ligações domiciliares.

A nota salienta que o projeto representa um sistema de abastecimento de água integrado, composto por captação, tratamento, adução e distribuição.

Em Luanda, vão beneficiar do projeto a zona de expansão habitacional do município de Belas, distrito de Quenguela, Vila Verde, Cabolombo, Ramiros e Morro dos Veados, bem como reforçar as zonas do Benfica e Camama.

O acordo de financiamento do projeto tem garantia do Banco Mundial, por intermédio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e as obras serão executadas por um consórcio de empresas que inclui a Suez e as portuguesas Mota Engil e Soares da Costa, segundo a agência de notícias angolana Angop.

 

Luanda Governo Ministério de Energia e Águas economia negócios e finanças construção e obras públicas
Ver comentários